Estratégias de educação em saúde em creches do município de Teresina-PI: Um Relato de Experiência.

Edmara Mayara Holanda Lima

Resumo


A promoção da saúde, como uma das estratégias de produção de saúde, ou seja, como um modo de pensar e de operar articulada às demais políticas e tecnologias desenvolvidas no sistema de saúde brasileiro, contribui para a construção de ações que possibilitam responder às neces¬sidades sociais em saúde. Este trabalho caracteriza-se por um relato de experiência da atividade “Primeiros socorros – Aprendendo com o cotidiano” realizado pelas residentes do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade com funcionários de duas creches públicas de um bairro da zona sudeste de Teresina-PI. A atividade consistiu em demonstração de situações comuns do cotidiano de crianças, em que é necessário o conhecimento em primeiros socorros, tendo como metodologia da atividade a roda de conversa. A atividade foi bem aceita, gerando discussões e questionamentos em relação a diversas situações. Ações de promoção da saúde se mostram bastante eficazes a serem trabalhadas no ambiente escolar, enfatizando o trabalho com os professores e demais funcionários no sentido de repasse a comunidade, sendo, portanto potenciais multiplicadores do ensino.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v10i4.2123



Direitos autorais 2018 Tempus Actas de Saúde Coletiva

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________