Vivência de acadêmicos de enfermagem em Pedro Afonso-Tocantis e a importância da interação ensino-serviço e comunidade

Thaís Fernandes de Oliveira

Resumo


Trata-se de um relato de experiência resultado da participação como voluntária da Operação Capim Dourado do Projeto Rondon,
realizado no município de Pedro Afonso-TO.
Objetivou-se promover a troca de saberes entre a comunidade, os profissionais de saúde do Município de Pedro Afonso-TO e os
acadêmicos de enfermagem. As estratégias utilizadas para a realização das oficinas foram rodas de conversa, oficinas, dramatizações e participação na programação da rádio local.
A experiência revelou a necessidade de integrar os conhecimentos dos acadêmicos com a comunidade como meio de crescimento profissional e pessoal de todos os envolvidos.
A integração ensino-serviço-comunidade através do trabalho voluntário em realidades diferentes enobrece a formação acadêmica,
contribuindo assim para um futuro profissional de excelência

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v6i4.1212



Direitos autorais

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________