Notícias

Tempus - Actas de Saúde Coletiva Prezados pesquisadores (as), A Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva lançou um número especial temático, em março de 2011, com o tema O Trabalho em Saúde. A Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva é uma publicação eletrônica trimestral, com objetivo de constituir-se instrumento de comunicação, divulgação e intercâmbio de práticas, reflexões e resultados de pesquisas no Campo da Saúde Coletiva. A revista publica trabalhos de caráter técnico-científico provenientes das atividades de ensino, pesquisa, extensão e serviço, oriundos das produções docentes, discentes e de pesquisadores. Todas as informações relativas ao envio dos manuscritos estão disponíveis no link: http://www.tempusactas.unb.br/ Atenciosamente, Profa. Dra. Magda Duarte dos Anjos Scherer Departamento de Saúde Coletiva / Núcleo de Estudos de Saúde Pública Profa Andréia de Oliveira Departamento de Serviço Social / Núcleo de Estudos de Saúde Pública Universidade de Brasília (UnB) Faculdade de Ciências da Saúde Departamento de Saúde Coletiva Campus Darcy Ribeiro - Asa Norte - Brasília/DF - CEP: 70910-900 Telefones: (55++61) 31071952 / 33406863 magdascherer@unb.br andreiao@unb.br Organizadoras UnB/CEAM/NESP/UTICS - www.nesp.unb.br Endereço: SCLN 406 Bl. A Sala 225 - Asa Norte - Brasília/DF - CEP: 70847-510 Fone: (55++61) 3340-6863
  • Chamada de artigos “30 anos comemorativos do Programa dos Agentes Comunitários de Saúde-PACS”

    2021-04-20

    A Revista Tempus Actas em Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829) informa que está aberta
    a chamada pública para submissão de artigos científicos para o número temático “30
    anos comemorativos do Programa dos Agentes Comunitários de Saúde-PACS”, a
    ser lançado em novembro de 2021. Esse número temático representa uma homenagem

    da Revista a todos os Agentes Comunitários de Saúde em reconhecimento a sua
    contribuição no fortalecimento da Atenção Primária à Saúde do Brasil.
    Em agosto de 1991, na cidade de Brasília, foi realizado o lançamento do PACS.
    Naquele momento, a Paraíba assumiu a corresponsabilidade em ser o estado “piloto”
    para os processos de implantação do referido Programa. O anúncio da criação do PACS
    contou com a presença das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, em especial da
    região Nordeste, técnicos da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA)/Ministério da
    Saúde, e assessores técnicos do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS)
    e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS),
    professores, pesquisadores do campo da saúde coletiva, sobretudo dos movimentos
    populares em saúde.
    Chegar aos 30 anos do PACS frente a pandemia da COVID-19, tem um sentido
    singular. O sentido de valorizar a ciência, saúde e a vida, num momento de múltiplas
    epidemias socioeconômica e política. Os ACS, em seus diversos e plurais territórios de
    atuação, seguem contribuindo a partir de sua força organizativa na tarefa fundamental
    de apontar saídas à organização social, capaz de produzir mudanças em defesa dos
    grupos mais vulneráveis, reafirmando os valores da educação popular em saúde, da
    consciência sanitária e de uma ciência cidadã construída de forma participativa, com os
    indivíduos, famílias e comunidades a eles vinculados.
    Desde a sua criação, o PACS enfrenta as agonias das desigualdades socio-sanitárias e a
    corresponsabilidade de erguer territórios saudáveis nos lugares mais adversos do país,
    rumo a implantação/implementação do Sistema Único de Saúde (SUS) no início da
    década de 90, reafirmando os valores, princípios e bases estruturantes da Atenção
    Básica à Saúde (ABS)/Atenção Primaria à Saúde (APS).
    A contribuição dos ACS nos processos de consolidação do SUS e seus resultados
    positivos é fruto também, da municipalização em saúde, pelas experiências exitosas das
    iniciativas de “Cidades e Territórios Saudáveis”, pelo conhecimento técnico-científico
    de centenas de profissionais oriundos do movimento da reforma sanitária brasileira, de
    entidades de profissionais de saúde e dos históricos movimentos das Comunidades
    Eclesiais de Base (CEB) e Movimento Popular pela Saúde (MOPS).
    Em tempos de pandemia e em nenhum outro tempo, não podemos perder a esperança no
    trabalho dos ACS, na força da ABS/APS, no gigantismo do SUS, sobretudo na coragem
    de lutar pela saúde e vida que a população imprime a cada dia. O PACS é fruto dessas
    lutas e símbolo de suas vitórias. Por isso, em seus 30 anos, há motivos demais para
    celebrarmos.
    O formato dos artigos deve seguir a instrução para autores, disponível na página da
    revista: http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/index. Os artigos submetidos
    passarão pelo procedimento de revisão por pares.
    O quê: divulgação de chamada de artigos científicos recentes e originais.
    Submissões: 30 de abril a 30 de julho de 2021
    Lançamento: novembro de 2021

    Editoras Convidadas

    Maria Fátima de Sousa (DSC/FS/UnB)
    Elmira Simeão (FCI/UnB)
    Ana Valéria M. Mendonça (DSC/FS/UnB)
    Rackynelly Soares (IFPB)

    Saiba mais sobre Chamada de artigos “30 anos comemorativos do Programa dos Agentes Comunitários de Saúde-PACS”
  • Chamada de artigos

    2021-04-20

    CHAMADA DE ARTIGOS

    (Português, Inglês, Espanhol)

    Tempus Actas de Saúde Coletiva
    ISSN 1982-8829 (B3 Saúde Coletiva)
    A Revista Tempus Actas em Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829) informa que está aberta a chamada pública para submissão de artigos científicos para o número temático “30 anos comemorativos do Programa dos Agentes Comunitários de Saúde-PACS”, a ser lançado em novembro de 2021. Esse número temático representa uma homenagem da Revista a todos os Agentes Comunitários de Saúde em reconhecimento a sua contribuição no fortalecimento da Atenção Primária à Saúde do Brasil.

    Saiba mais sobre Chamada de artigos