A escolha de um caminho: Desistência de um Programa de Residência Multiprofissional

Ieda Maria Ávila Vargas Dias, Simone Borges da Silva, Mireli Vargas da Silva, Gabriela Colombi de Lima, Camila Sampaio Lira

Resumo


Na perspectiva política de formação de recursos humanos para a saúde, especialmente para o Sistema Único de Saúde (SUS), o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde foi apresentado como uma importante estratégia de formação em serviço. Frente aos inúmeros desafios, esses Programas não estão isentos a evasão por parte dos residentes. Objeto de estudo da presente investigação que tem como objetivos: discutir e analisar os fatores motivacionais que levaram os residentes a evadir de um Programa de Residência Multiprofissional. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa em que os dados foram coletados por meio da aplicação de um formulário e analisados através da análise de conteúdo, os sujeitos foram ex-residentes que evadiram o Programa cenário do estudo. Os resultados apontam o sofrimento com as relações de trabalho e o estabelecimento de alguns conflitos como os principais fatores que levaram a evasão. Nas considerações finais é destacada a importância da reflexão e intervenção oportuna naquilo que não está caminhando de maneira adequada.

Palavras-chave


residência multiprofissional, evasão, desistência, residência

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN. Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2009.

BEAN, Jonh Paul. Dropouts and turnover. The synthesis and test of a causal model of student attrition. Research in Higher Education, n.12, v.155, p.87-96, 1980.

BRASIL. Lei n. 11.129, de 30 de junho de 2005. Institui a Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde, Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 30 de jun. 2005. Seção I, p. 32.452.

CAMPOS, Gastão. Wagner. de Sousa. et al. Reflexões sobre a Atenção Básica e a Estratégia de Saúde da Família. In: CAMPOS, G Gastão. Wagner. de Sousa & GUERREIRO, André Vinicius Pires. (Org.).Manual de práticas de atenção básica: saúde ampliada e compartilhada. São Paulo: Aderaldo & Rothschild, 2008. p. 132-153.

DALLEGRAVE, Daniela; KRUSE, Maria Henriqueta Luce. No olho do furacão, na ilha da fantasia: a invenção da residência multiprofissional em saúde. Interface (Botucatu), Botucatu , v. 13, n. 28, Mar. 2009 .

DEJOURS, Jacques Christophe . Patologia da Comunicação: situação de trabalho no espaço público. In: S. LANCMAN & L. SZNELWAR (Orgs.). Christophe Dejours: da psicopatologia à psicodinâmica do trabalho p.243. RJ: Fiocruz. 2004.

DULLIUS, Rafael; CYRNE, Carlos Candido da Silva. O Mapeamento da Evasão Acadêmica: um estudo aplicado à UNIVATES. IN: X COLOQUIO INTERNCIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA DO SUL. 2012. Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2012. 1 CD-ROW

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Elisa. Dalmazo. A. Pesquisa em Educação: Abordagens Qualitativas. 8ºed.Editora Pedagógica e Universitária LTDA, 2013.

MINAYO, Maria Cecília Souza. O desafio do conhecimento. Pesquisa qualitativa em Saúde. 9.ed. São Paulo: HUCITEC, 2008.

NETO, Patrícia Widmer Costa; BATISTA, Sylvia Helena. A Preceptoria na Formação em saúde: uma incursão na literatura. In: SILVA, G.T.R. (Org) Residência Multiprofissional em Saúde: vivências e cenários da formação. São Paulo: Martinari, 2013. p.47-60.

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO A SAÚDE. Acessado em 18 de março de 2014. Disponível em: http://www.baixadasantista.unifesp.br/resid_mult.php

PYLRO, Simone Chabudee, ROSSETT, Claudia Broetto. Atividades lúdicas, gênero e vida adulta. Psico-USF, v. 10, n. 1, p. 77-86, jan./jun. 2005.

RAMPAZZO, Lino. Metodologia Cientifica: para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. 3. ed. Edições Loyola: são Paulo, 2005.

ROSA, Soraya Diniz; LOPES, Roseli Esquerdo. Residência Multiprofissional em Saúde e Pós-Graduação Lato Sensu no Brasil: Apontamentos Históricos. Trab. Educ. Saúde, Rio de Janeiro, v. 7 n. 3, p. 479-498, nov.2009/fev.2010.

TINTO, Vincent. Dropout from higher education: a theorical synthe sis of recent research. Review of Education Research, v.45, n. 89, p.125-132. 1975.

FREDENHAM, Sheyla; COMETTI, Nilton; BONFIM; Cristiane Jorge Lima; ARAUJO, Fernando Dantas Araujo. A Voz da Evação. Eixo, v. 1, n. 2, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v11i1.1854



Direitos autorais 2017 Tempus Actas de Saúde Coletiva

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________