GTTrans: estratégia de aproximação dos múltiplos saberes sobre a saúde integral das pessoas trans* em uma Universidade Pública.

Jose Humberto Guimaraes Santos, Kelly Silva, Priscilla Daiana Figueiredo Souza, Rodrigo Dornelas

Resumo


A transexualidade é ainda entendida como transtorno de personalidade pelos sistemas classificatórios de doenças, especialmente pela associação americana de psiquiatria. Com o intuito de refletir sobre essa classificação, assim como apresentar questões de cuidados em saúde à pessoas trans, surgiu o grupo continuado “GTTrans: Transexualidade em Pauta” dentro do Projeto de Extensão sobre saúde da pessoa trans. Aberto para toda a comunidade interna e externa à universidade, propôs-se que os encontros seriam uma oportunidade d@s** estudantes e comunidade em geral de conhecer as necessidades específicas e gerais das pessoas trans nos serviços de saúde, propondo melhorias na rede de atenção envolvida com a universidade.

Palavras-chave


Transexualidade; Acesso aos Serviços de Saúde; Necessidades e Demandas nos Serviços de Saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v11i1.1922



Direitos autorais 2017 Tempus Actas de Saúde Coletiva

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________