Responsabilidade da população, objectivo da cooperação na região da saúde da Região de Lausanne (Suíça)? um estudo de caso.

Philippe Anhorn

Resumo


A Rede Regional de Saúde de Lausanne (RSRL) é a maior (em termos de população) das quatro redes de saúde que cobrem o território do Distrito de Vaud, na Suíça. As qualidades destas redes (projectos inovadores, contribuição para a fluidez do sistema de saúde, etc.) foram frequentemente elogiadas. Contudo, desde a sua criação, no final da década de 1990, a sua eficiência tem sido difícil de demonstrar. Para tal, os seus membros - prestadores de cuidados hospitalares e ambulatórios - deveriam ter aumentado significativamente o seu nível de cooperação, por exemplo, através da partilha de um número crescente de actividades e projectos, reunindo simultaneamente os recursos necessários para a sua execução. Após o fracasso, em 2012, da introdução do managedcare sob o controle das seguradoras no âmbito federal e, em 2017, de um projeto de lei para criar quatro entidades regionais de saúde comunitária sob o controle do Estado com responsabilidade populacional, abre-se uma janela de oportunidade para que os profissionais de saúde agrupados dentro das redes decidam por si mesmos, ou seja, numa abordagem bottomup, intensificar gradualmente a sua cooperação em torno de projectos inovadores e significativos, até seepossivel reivindicar esta responsabilidade colectiva, pelo menos para a parte da população mais afectada pelos seus serviços: os idosos e as pessoas em perda de autonomia. O Projecto de Cuidados Anticipados (PCA), que se encontra numa fase piloto no âmbito da RSRL com a participação de outras redes e autoridades distritais, poderá ser um primeiro passo nesta direcção.

Texto completo:

PDF - Ingles


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v13i2.2681



Direitos autorais 2019 Tempus Actas de Saúde Coletiva

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________