Rede de atenção às urgências: avanços e desafios para sua consolidação

Autores

  • Carla Pintas Marques Professora assistente do curso de graduação em Saúde Coletiva da Universidade de Brasília, Campus Ceilândia - FCE/UnB.

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v8i1.1451

Resumo

O texto aborda as definições utilizadas para rede de atenção à saúde e como esta se encontra estabelecida no Sistema Único de Saúde além de contextualizar a atual crise contemporânea dos sistemas de saúde. Aborda também a organização proposta para a consolidação da rede de atenção às urgências como um grande desafio ao sistema de saúde brasileiro.

Biografia do Autor

Carla Pintas Marques, Professora assistente do curso de graduação em Saúde Coletiva da Universidade de Brasília, Campus Ceilândia - FCE/UnB.

Doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade de Brasília/UnB. Possui Mestrado Profissional em Administração de Saúde, do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, área de concentração em Gestão de Sistemas de Saúde do Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro - IMS/UERJ, Aprimoramento em Enfermagem em Cuidados Intensivos pela Faculdade de Ciências Médicas - UNICAMP/SP e Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP/SP

Downloads

Publicado

2014-03-29