Confiabilidade entre Avaliadores da Versão Brasileira da Entrevista de Eventos de Vida Recentes de Paykel em uma sub-amostra de um estudo de base populacional.
PDF
PDF (English)

Palavras-chave

confiabilidade entre avaliadores – Paykel – Kappa ponderado – eventos de vida.

Como Citar

Marinho, T. C., Oliveira, G. G. de, & Menezes, P. R. (2017). Confiabilidade entre Avaliadores da Versão Brasileira da Entrevista de Eventos de Vida Recentes de Paykel em uma sub-amostra de um estudo de base populacional. Tempus – Actas De Saúde Coletiva, 11(1), Pág. 207-213. https://doi.org/10.18569/tempus.v11i1.2377

Resumo

Introdução A Entrevista para Eventos de Vida Recentes (EEVR) de Paykel é um dos instrumentos mais utilizados para acessar os eventos de vida e suas relações com o início e manutenção da doença. O objetivo deste estudo foi avaliar a confiabilidade entre-avaliadores da versão brasileira desta entrevista no campo de um estudo caso-controle de base populacional de primeiros episódios psicóticos no Brasil, considerando-se eventos independentes e graves, os mais frequentemente analisados em pesquisas em Psiquiatria. Método Quinze casos de primeiro episódio psicótico e 26 controles da população geral foram avaliados simultaneamente por dois entrevistadores, usando a EEVR. A concordância foi avaliada através da porcentagem de concordância e do kappa ponderado (kp). Resultados Houve excelente concordância para ocorrência de eventos (kw=0.90) e mês de ocorrência (kw=0.96), e concordância moderada para independência (kw=0.51) e impacto objetivo negativo(kw=0.68). Quando apenas os eventos independentes e graves foram considerados, observou-se valores muito baixos de kappa ponderado, contrastando com altos valores de porcentagem de concordância. Conclusões Os resultados indicam níveis satisfatórios de confiabilidade, comparáveis aos encontrados na literatura internacional. O uso do Kappa ponderado resulta em uma estimativa mais adequada da confiabilidade, porém amostras maiores são necessárias para estimar concordância por categoria de eventos.
https://doi.org/10.18569/tempus.v11i1.2377
PDF
PDF (English)

Referências

Paykel ES. The evolution of life events research in psychiatry. J Affect Disord. 2001; 62: 141-149.

Paykel ES. The interview for recent life events. Psychol Med. 1997; 27: 301-310.

Paykel ES. Methodological aspects of life events research. J Psychosom Res. 1983; 27: 341-352.

Cooke DJ. The reliability of a brief life event interview. J Psychosom Res. 1985; 29: 361-365.

Baratta S, Colorio C, Zimmerman-Tansella C. Inter-rater reliability of the Italian version of the Paykel Scale of Stressful Life Events. J Affect Disord. 1985; 8: 279-282.

Oliveira GG, Fonseca PP, Del Porto JA. Inter-rater reliability of the Brazilian version of the Paykel scale of stressful life events. Psychopathology. 2003; 36: 320-323.

Dunn G. Design and analysis of reliability studies. In: Hodder, Stoughton editors. The statistical evaluation of measurements errors. New York: Oxford University Press; 1989.

Oliveira GG, Pinto Fonseca P, Del Porto JA. Versão brasileira da entrevista de Paykel para eventos de vida recentes. Rev Bras Terap Comport Cogn. 2002; 4: 47-61.

Ayres AM, Busatto G, Menezes PR, Schaufelberger MS, Coutinho L, Murray RM, McGuire PK, Rushe T, Scazufca M. Cognitive deficits in first-episode psychosis: A population-based study in São Paulo, Brazil. Schizophr Res 2007; 90: 338-343.

Cohen J. Weighted kappa: nominal scale agreement with provision for scale disagreement or partial credit. Psychol Bull. 1968; 70: 213-220.

Landis JR, Koch GG. The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics. 1977; 33: 159-174.