A bebida alcoólica no contexto laboral: um diálogo mediado pelas representações sociais

Jeferson Santos Araújo, Silvio Eder Dias da Silva, Vander Monteiro da Conceição, Mary Elizabeth de Santana, Ralrizônia Fernandes Souza

Resumo


Trata-se de uma pesquisa descritiva qualitativa que teve como objetivo identificar as representações sociais dos trabalhadores da Cervejaria Paraense sobre a bebida alcoólica e analisar as implicações das mesmas para a saúde do trabalhador. Foram realizadas entrevistas com 30 trabalhadores que prestam serviços diretos na produção de bebida alcoólica. A análise de conteúdo temático levou às seguintes categorias: A bebida alcoólica: Um objeto projetado e representado no trabalho; O trabalhador e o discurso do consumo e A doença, o conhecimento e a continuação do consumo. Concluiu-se que, para os trabalhadores a bebida alcoólica e o trabalho estão diretamente relacionados com a forma como se percebe essa relação no seu contexto social, sendo esta responsável por proporcionar momentos de alegria, socialização, fuga da realidade e de experiências quanto as conseqüência do consumo sem moderação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v6i3.1165



Direitos autorais

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________